Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Governo Lula pode começar com aumento no preço dos combustíveis e alta na inflação

O terceiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva à frente da Presidência da República pode começar com uma série de preocupações econômicas para os brasileiros. Segundo a Agência Brasil, parceira do Portal MV, o novo governo petista decidiu não prorrogar a desoneração de impostos sobre combustíveis. Isso significa que, a partir deste sábado (31), termina a vigência das atuais medidas que preveem o fim da isenção de impostos federais (PIS/COFINS e Cide), além da redução das alíquotas do imposto estadual (ICMS) nos combustíveis.

Ministério da Fazenda confirma fim da desoneração de impostos

O Ministério da Fazenda, comandado por Fernando Haddad, confirmou que o novo governo não vai prorrogar a desoneração de impostos dos combustíveis. No entanto, a equipe econômica de Lula discute a edição de uma Medida Provisória sobre o tema, conforme apurou a agência Brasil 61.

Economista alerta para aumento no preço dos combustíveis e na inflação

Para o economista e presidente do Conselho Regional de Economia do Distrito Federal (Corecon-DF), José Luiz Pagnussat, a não-prorrogação da desoneração dos impostos federais deve elevar o preço dos combustíveis e aumentar a inflação. Pagnussat afirma que os ganhos fiscais são pequenos em comparação com os efeitos negativos na economia, no orçamento das famílias e na inflação. Segundo ele, o fim da desoneração dos impostos federais sobre os combustíveis pode elevar o preço da gasolina na bomba em mais de R$ 0,60 e do diesel em mais de R$ 0,30. O efeito na inflação seria imediato, direto e bastante significativo, já que a gasolina pesa muito na inflação.


error: Conteúdo Protegido