Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Os quatro comandantes militares que deverão chefiar as Forças Armadas a partir de janeiro, com a saída de Jair Bolsonaro, tiveram um encontro com o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, em um hotel de Brasília.

Articulada pelo futuro ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, a reunião contou com um pedido dos militares para que Lula não haja de forma intempestiva contra os bolsonaristas que acampam na frente de quartéis espalhadas pelo país. As informações são do jornal Estado de Minas.

Os militares querem evitar um confronto violento, o que pode afetar a imagem do governo que prega a pacificação nacional. Eles também defendem que o Ministério Público Federal e a Polícia Federal já estão identificando as lideranças do movimento. Sendo assim, os mesmos serão processados, secando a fonte de receita.

Vale lembrar que o comando do Exército ficará com o general Julio Cesar de Arruda; na Marinha, assumirá o almirante de esquadra Marcos Sampaio Olsen; na Força Aérea, o tenente-brigadeiro do ar Marcelo Kanitz Damasceno; e o almirante de esquadra Renato Rodrigues de Aguiar Freire, atual chefe do Estado-Maior da Marinha, será o novo comandante do Estado-Maior das Forças Armadas.

Do IGNotícias 

***


error: Conteúdo Protegido