Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Os artistas convidados para se apresentar na posse do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), não receberão cachê e terão de arcar com as próprias despesas em Brasília, como locomoção, hospedagem e alimentação. A coligação do petista ficará responsável pelo pagamento dos equipamentos de som, iluminação e montagem dos palcos.

A equipe de transição que organiza a posse avalia realizar um financiamento coletivo virtual para outros gastos que envolvam o evento. Uma plataforma para fazer a “vaquinha” deve ser anunciada nos próximos dias.

O “Festival do Futuro”, que tem sido chamado nas redes sociais de “Lulapalooza”, está sendo organizado pela futura primeira-dama, Rosângela da Silva, a Janja. Ela se reuniu com o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), nesta quinta-feira (1º) para apresentar o plano da posse e discutir questões de segurança. O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), também participou do encontro

Grande parte dos convidados já havia participado de atos da campanha eleitoral de Lula. Cantores, escritores, atores e outros artistas chegaram a interpretar jingles do petista. O evento terá início às 18h30, após as solenidades da posse no Congresso e no Palácio do Planalto. Será realizado ao mesmo tempo em que chefes de Estado e outras autoridades participam de coquetel com Lula no Itamaraty.

Atrações confirmadas 

Pabllo Vittar;
BaianaSystem;
Duda Beat;
Gaby Amarantos;
Martinho da Vila;
Gilsons;
Chico César;
Luedji Luna;
Teresa Cristina;
Fernanda Takai;
Jhonny Hooker;
Marcelo Jeneci;
Odair José;
Otto;
Tulipa Ruiz;
Almério;
Maria Rita;
Valesca Popozuda.

Do IGNotícias 

***


error: Conteúdo Protegido