Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Roberto Maciel Santos (PP), prefeito de Lajeado do Bugre , no Rio Grande do Sul, foi morto a tiros dentro da prefeitura municipal no fim da manhã desta quinta-feira (24). Segundo a Brigada Militar (BM), BETINHO, como era conhecido, e um motorista da Secretaria Municipal de Saúde estavam em reunião dentro do gabinete, quando um homem encapuzado entrou no local e atirou diversas vezes contra os dois.

O prefeito morreu no local. O motorista, que ainda não teve a identidade divulgada, foi socorrido em estado grave e levado para uma unidade de saúde da cidade.

Foram encontrados no local cartuchos de uma pistola 9mm. A arma do crime não foi localizada.

O homem deixou a prefeitura em um carro e ainda não foi encontrado.

“É importante que todos saibam que a partir de agora a Polícia Civil está fazendo toda a parte da investigação, de coleta de imagens e nós estamos fazendo um policiamento ostensivo em busca de identificar os autores”, afirmou o Tenente Coronel Bairros em entrevista coletiva.

O vice-prefeito de Lajeado do Bugre, Rafael Machado, se pronunciou sobre a tragédia e pediu orações: “Eu não tenho palavras. Não sei o que vai acontecer daqui para frente. Pedimos a Deus força e coragem”

Em telegrama, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) manifestou pesar pela morte do prefeito.

“Recebo com muita tristeza essa notícia. Espero que, na fé, encontrem consolo e resignação neste momento de tristeza e pesar”, afirmou o prefeito da CNM, Paulo Ziulkoski.

Do IGNotícias 

***


error: Conteúdo Protegido