Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (04), a Polícia Civil do Tocantins deflagrou a Operação Purgato, nas quadras 1306 e 1206 Sul, mediante trabalho de investigação realizado pela1ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos – 1ª DENARC.

Com a participação de mais de 100 agentes de todas as forças policiais do estado, foram cumpridos de 15 mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva. Pelo menos, 13 pessoas foram conduzidas para prestar esclarecimentos.

Uma grande quantidade de cocaína e maconha foi apreendida, além de munições, dinheiro, cartões de crédito, máquinas de passar cartão, balanças de precisão, papel filme para embalar droga e outros materiais. Todo o montante de produtos vai ser periciado para determinar o quantitativo de cada item apreendido.

Guerra de facções

O delegado titular da 1ª DENARC de Palmas, Rodrigo Saud, informou que a Operação Purgato é fruto de investigações iniciadas em agosto deste ano, no contexto de guerra de facções, somadas a denúncias anônimas de possíveis pontos de venda de drogas. “Foi constatado que a quadra 1306 Sul e uma parte da 1206 Sul foram tomadas por uma determinada facção criminosa e as pessoas estavam amedrontadas diante de toda sorte de crimes que estavam sendo praticadas ali em razão do tráfico de drogas. Então com essa operação, a parte dessa facção que atuava na 1306 Sul, hoje foi com certeza desarticulada”, informou.

Purgato

Limpar ou purificar pela eliminação das impurezas e matérias estranhas

Apoio Operacional

A Operação Purgato contou com a participação de mais de 100 policiais. A 1ª DENARC0 contou com o apoio da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO); Divisão Especializada de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DRCOT); 1ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP – Palmas); das 1ª, 2ª, 3ª e 4ª Delegacias de Polícia de Palmas; 1ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC – Palmas); 6ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC – Paraíso do Tocantins); Delegacia de Combate a Crimes Rurais e Abigeato (DELEAGRO); 2ª Delegacia Especializada de Repressão às Infrações de Menor Potencial Ofensivo (DEIMPO – Palmas); Diretoria do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE); 72ª Delegacia de Polícia de Luzimangues; Divisão Especializada de Repressão à Corrupção (DECOR); Divisão Especializada de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC); Delegacia Especializada de Polícia Interestadual, Capturas e Desaparecidos (POLINTER – Palmas); Delegacia Especializada de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente e Conflitos Agrários (DEMAG – Palmas); Diretoria do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER); Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco); Polícia Militar e Guarda Metropolitana de Palmas.

Dinheiro e celulares apreendidos – Luiz de Castro/Governo do Tocantins file_download

Drogas embaladas e etiquetadas – Luiz de Castro/Governo do Tocantins file_download

Com informações da SSP-TO 

***


error: Conteúdo Protegido