Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



O preço da gasolina subiu pela terceira semana consecutiva nos postos do Brasil, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP). Na semana encerrada no sábado (29), o preço médio do litro subiu de R$ 4,88 para R$ 4,91, alta de 0,6%.

O preço mais alto do combustível encontrado foi no Pará, onde o valor do litro de gasolina chegou a R$ 5,79, porem, acima de 5,40 já tem muitos postos vendendo em diversos lugares do Brasil.

Mesmo com a alta, a defasagem em relação ao preço internacional ainda é grande. De acordo com cálculos da Associação Brasileira de Importadores de Combustíveis (Abicom), nesta segunda-feira (31) a defasagem da gasolina em relação ao Preço de Paridade de Importação (PPI) era de 16%.

Isso significa que, caso a Petrobras aplicasse o reajuste esperado, a gasolina poderia ficar 16% mais cara, cerca de R$ 0,63 por litro. Apesar do PPI ser a política de preços usada pela estatal para reajustar os combustíveis nacionalmente, nenhuma correção é feita desde o início de setembro,  quando houve queda de 7% no preço da gasolina nas refinarias.

Diesel

De acordo com a ANP, o óleo diesel ficou mais barato nas duas últimas semanas, com valor médio do litro caindo de R$ 6,59 para R$ 6,56.

A defasagem do preço do combustível em relação ao PPI já chega a 25%, cerca de R$ 1,62 por litro, segundo cálculos da Abicom.

Do IGNotícias 

***


error: Conteúdo Protegido