Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Três instituições federais e uma estadual de ensino não vão ofertar vagas para cursos de graduação por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Governo Federal, no primeiro semestre de 2023.

As instituições são a Universidade Federal do Tocantins (UFT), Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT) e Universidade Estadual do Tocantins (Unitins).

Com a não adesão ao Sisu, as instituições precisarão realizar vestibulares próprios para seleção dos estudantes.

Em todo o Brasil, já está confirmada a oferta de 10.033 vagas no próximo ano. Em 2022, o Ministério da Educação ofereceu 65.932 vagas através do Sisu em instituições públicas de todo o país. A UFT disponibilizou 927 oportunidades em 49 cursos diferentes.

O Sisu é um programa do Governo Federal criado em 2010 que seleciona estudantes para instituições federais e estaduais de ensino superior. A seleção acontece duas vezes ao ano: no primeiro e no segundo semestre.

O requisito básico para se inscrever no Sisu é ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior e não ter zerado a redação.

O Instituto Federal do Tocantins optou por não aderir ao Sistema porque o calendário do SISU é diferente do calendário letivo do IFTO.

“Para evitar que a pessoa ingresse em um curso já em andamento, o IFTO optou por oferecer todas as vagas no vestibular realizado pela instituição. Para atender também aos diferentes públicos, o IFTO reserva vagas para cotistas e ações afirmativas, como exemplo estudantes provenientes de escola pública, indígenas, quilombolas, pessoas com deficiência, vulneráveis sociais, entre outros grupos”, informou o instituto.

UFT e UFNT

A Universidade Federal do Tocantins e Universidade Federal do Norte do Tocantins suspenderam a adesão ao SISU para os semestres de 2022/2 e 2023/1.

“Durante esse período, metade das vagas são ofertadas pelo Vestibular tradicional e outra metade pelo Processo Seletivo Complementar (PSC) – que utiliza as notas do Enem”, informou a UFT.

Para o semestre de 2023/2 a adesão será reavaliada.

Unitins

A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) também segue o calendário acadêmico próprio, aprovado pelos Conselhos Superiores da Universidade (Consepe e Consuni), no qual já estava prevista a realização de vestibular, antes da divulgação do calendário de adesão do SISU.

Do AFNotícias 

***


error: Conteúdo Protegido