Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



No final da noite de quinta-feira (13), um homem de 27 anos, com sinais de enlouquecimento e armado de faca, foi morto a tiro disparado por um policial militar, em Gurupi, no sul do Tocantins.

Conforme esclareceu a PM, uma guarnição do 4º BPM foi deslocada para dar apoio aos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que se encontravam no local para atender ao homem que estava em surto psicótico e portando uma arma branca.

O morador transtornado foi removido de dentro de casa pelos familiares e levado até o quintal, momento que os policiais acompanharam a ação e tentaram fazer com que o homem soltasse a faca. Ao invés de atender, o agressor partiu para cima dos militares e foi alvejado antes que atingisse alguém.

“O policial que efetuou o disparo agiu conforme previsto em nosso Manual de Procedimento Operacional Padrão”, disse a PM.

A equipe do Samu prestou os primeiros socorros, mas o homem não resistiu e morreu dentro da ambulância. O corpo foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, em seguida, para o Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Científica e a equipe de plantão da CAPC – Central de Atendimento da Polícia Civil – compareceram para providenciar os devidos levantamentos e colher as primeiras impressões no local da ocorrência.

***


error: Conteúdo Protegido