Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora


Foto: Dornil Sobrinho/Secom

Sempre em busca de uma educação básica de qualidade, a prefeitura de Porto Nacional participou de uma reunião na manhã desta terça-feira, 11, com o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros do Tocantins – CBMTO, Carlos Eduardo Farias, para juntos discutirem a implantação de um Colégio Militar do Corpo de Bombeiros no município de Porto Nacional, por meio de uma estratégia inovadora de gestão e operação de ações consorciadas entre a prefeitura municipal e o Corpo de Bombeiros. A proposta é de que a nova escola militar seja implantada na unidade de tempo integral Francisco Pinheiro de Lemos, localizada no setor Imperial e atenda cerca de 400 crianças, do 1ª ao 5º ano, do ensino fundamental diariamente.

Após a sinalização, a prefeitura de Porto Nacional deverá ouvir a comunidade nos próximos dias e logo após, o acordo de Cooperação Técnica entre o executivo e o Corpo de Bombeiros seja definido. De acordo com a secretaria municipal da Educação, a previsão é de que ainda no primeiro semestre do próximo ano as aulas tenham início.

Durante o encontro, o prefeito de Porto Nacional, Ronivon Maciel, também falou sobre a importância da implantação do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros no setor Imperial. “Esse projeto que estamos discutindo é um modelo que tem dado certo e vem trazendo grandes resultados na educação de crianças e jovens não só do Tocantins. Não tenho dúvidas de que a nossa escola municipal do setor Imperial terá essa aproximação, aconchego e experiência que garantirá uma melhor qualidade na educação municipal. Quando se busca parcerias, os resultados são positivos e estamos muito confiantes e com as melhores expectativas possíveis de que essa metodologia trará grandes frutos para os nossos alunos”, pontuou Ronivon Maciel.

A secretária municipal da Educação, Helane Dias, também esteve presente na reunião e afirmou que com a implantação, além da educação, os alunos terão um foco ainda maior tanto no esporte, quanto na música. “A retomada da obra dessa escola de 12 salas no setor Imperial, foi realizada com muita força de vontade pela gestão municipal com o objetivo de trazer uma nova forma diante do grande potencial que tem a metodologia disciplinar e que foca também no esporte e na música que é o que pretendemos executar na Escola de Tempo Integral Francisco Pinheiro de Lemos, justamente para atender aquela comunidade que necessita cada vez mais, e por isso, nós iremos levar para a comunidade, mais cultura, esporte e educação”, Explicou a secretária municipal da Educação.

Por: Mychelle Tauane
Secretaria Municipal da Comunicação


error: Conteúdo Protegido