Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Ministério da Saúde recebeu 9,8 mil doses de vacina contra a varíola dos macacos. O número corresponde a menos da metade das 20 mil doses que haviam sido anunciadas para setembro.

Segundo o Ministério da Saúde, os imunizantes serão destinados a pesquisas no país por orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS). O público-alvo incluirá pessoas que tiveram contato com pacientes infectados e com pessoas que fazem profilaxia pré-exposição, que previne a infecção por HIV, ou em tratamento contra esse vírus.

Profissionais de saúde não estarão incluídos como grupo prioritário. Segundo a Saúde, os dados oficiais não mostram que esse público não está mais exposto à doença que outros.

Ao todo, a pasta comprou 50 mil doses por intermédio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). A previsão inicial era de que os demais lotes chegassem ao Brasil até novembro, mas, agora, foi adiada para até o fim deste ano.

O estudo que será feito tem o objetivo de obter dados de efetividade, resposta imune e segurança da vacina contra monkeypox.

Do IGNotícias 

***


error: Conteúdo Protegido