Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



O empresário e fundador das lojas Havan, Luciano Hang, se reuniu com o Secretário Estadual da Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Norte (Sesed/RN), Francisco Araújo, o Secretário de Comunicação, Daniel Cabral, e  com o comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Luiz Monteiro, no final da manhã deste sábado (24), após a sua loja nº 174, não ter sido inaugurada na capital potiguar. Após o encontro, Hang pediu desculpas pelas críticas feitas aos órgãos estaduais e prometeu realizar todas as adequações necessárias que as normas exigem.

A reunião aconteceu na sede do Corpo de Bombeiros, onde foi apresentado as razões da proibição, bem como, alinhado com os técnicos da Havan, as exigências já solicitadas e ainda pendentes. Luciano, após a conversa, concedeu entrevistas para veículos de comunicação e pediu desculpas pelas declarações que deu no momento da tentativa de inauguração da loja – quando acusou o Governo do Estado de impedir a abertura da loja por razões políticas.

“Nós vamos resolver esse problema, porque quem tem que ganhar é o Estado e a população. Eu falei com meu pessoal, e ainda hoje, nós vamos para lá, e com bom senso, nós vamos resolver esse problema. Da minha parte, eu acho que p ato mais importante na vida das pessoas é pedir desculpas. Desculpas, pelo que aconteceu.”, disse Hang.

Reunião ocorreu na sede dos Bombeiros em Natal – Foto: Cedida

Ainda na ocasião, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Luiz Monteiro, afirmou que o estabelecimento comercial realmente não atendeu uma série de exigências legais, especialmente, nos quesitos relacionados ao sistema de combate a incêndio e pânico. Em nota publicada nas redes sociais, o responsável pela corporação afirmou que foram contabilizadas, precisamente, 68 pendências e irregularidades.

O comandante da Corporação ainda repudiou as declarações do empresário Luciano Hang, no início da manhã, ainda na tentativa de inauguração da loja.

“Diantes dos fatos noticiados na manhã deste sábado (24), o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) lamenta as falas do senhor Luciano Hang e ressalta que é um ÓRGÃO de ESTADO e SEM POSIÇÃO PARTIDÁRIA, pregando sempre o princípio da isonomia. O CBMRN é uma instituição séria de grande credibilidade perante a sociedade e repudia qualquer comentário leviano que atinja a honra dos bombeiros militares”, completa a nota.

Uma nova vistoria vai ser realizada no local ainda hoje, visando o cumprimento das normas solicitadas e emissão do alvará de funcionamento.

VÍDEO: 

 

Fonte: NovoNotícias no RN 

***


error: Conteúdo Protegido