Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora


Professora Cleonice Santos. Foto: Arquivo Pessoal

A professora aposentada Cleonice Antonio Santos, 48 anos, morreu após ser estuprada e empalada com um cabo de vassoura. O caso aconteceu em São Vicente, no litoral de São Paulo.

A vítima estava internada no Hospital Municipal da cidade e foi a óbito na última segunda-feira (15). Segundo o Boletim de Ocorrência (BO) registrado pela filha da professora na delegacia local da Polícia Civil,  cidade, a educadora foi levada para o hospital pelo namorado que é tido como principal suspeito dos atos de violência extrema.

Na unidade hospitalar, foi constatado que Cleonice ao ser penetrada pelo anus com o cabo de vassoura sofreu uma perfuração no cólon sigmóide (divisão da parte central do intestino grosso). A equipe médica relatou à família que foram encontrados 5 litros de pus na cavidade da vítima, após uma laparotomia exploratória.

Conforme o laudo pericial do Instituto Médico Legal (IML), a causa da morte foi “choque séptico” (infecção generalizada que causa falência de órgãos) por conta da perfuração.

O velório e enterro da professora aconteceram na terça-feira (16), no Cemitério de São Vicente.

Até o momento o namorado da professora não foi localizado. A Polícia Civil aprofunda as investigações e acredita que o companheiro da professora tenha praticado a atrocidade.

Com informações do G1

***


error: Conteúdo Protegido