Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Um homem de 34 anos foi preso em flagrante, nesta terça-feira (16/8), pela prática dos crimes de tentativa de estelionato e uso de documento falso. O suspeito apresentou um comprovante falso de transferência bancária via PIX em uma loja de materiais para construção após tentar comprar lotes de arames lisos.

A prisão foi efetuada pela equipe da 20ª Delegacia de Tocantinópolis, comandada pelo delegado Tiago Daniel de Moraes, quando o proprietário do estabelecimento procurou a Polícia Civil informando sobre a tentativa de golpe.

De acordo com o empresário, o homem entrou em contato com a loja querendo comprar lotes de arames lisos e que iria fazer o pagamento mediante Pix. Em seguida, o indivíduo apresentou um comprovante no valor de cerca de R$ 1.700, todavia, o comprovante era falso.

Desse modo, a Polícia Civil acompanhou a entrega e no momento em que o investigado apareceu para pegar os produtos, recebeu voz de prisão.  “Como se não bastasse o crime que estava comento, ao ser abordado, o homem ainda apresentou uma CNH falsa, o que resultou também na autuação por uso de documento falso”, disse o delegado.

Após a realização das providências legais cabíveis, o homem foi encaminhado para a carceragem da Cadeia Pública de Tocantinópolis, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

ALERTA

O delegado Tiago Daniel alerta aos empresários, comerciantes e população em geral, sobre o golpe do falso PIX. “É muito importante que o comerciante e o cidadão de forma geral fique atento toda vez que efetuar uma transação envolvendo o pagamento via pix, e sempre consultar sua conta para saber se realmente o pagamento foi efetivado, pois muitos golpistas se utilizam do expediente criminoso do falso pix, onde simulam o pagamento que na verdade não ocorre”, pontua o delegado.

Do AFNotícias 

***

 


error: Conteúdo Protegido