Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Executiva Nacional do PT garante legenda para deputada Amália Santana disputar 4º mandato
Executiva Nacional do PT garante legenda para deputada Amália Santana disputar 4º mandato

A Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) manteve, por unanimidade, a candidatura da deputada estadual tocantinense Amália Santana pelo partido.

A parlamentar havia recorrido de decisão do diretório estadual do PT que retirou seu nome da nominata da legenda por causa de suposta infidelidade partidária após divulgação de vídeo em que ela diz que poderia apoiar Wanderlei Barbosa (Republicanos) para governador. Paulo Mourão é o pré-candidato do PT ao Palácio Araguaia.

Amália Santana concorre ao quarto mandato como deputada estadual pelo partido dos trabalhadores. A homologação das candidaturas e coligações ocorreu na manhã desta quinta-feira, 21 de julho.

Entenda

Em 1º de julho deste ano, a deputada estadual Amália Santana participou de uma reunião em Colinas com presença da atual senadora e pré-candidata Kátia Abreu, onde manifestou publicamente possível apoio às reeleições de Kátia e Wanderlei Barbosa.

Em reunião no dia 2 de julho, o diretório estadual do Partido dos Trabalhadores deliberou pela retirada da candidatura de Amália por alegação de infidelidade partidária.

Em sua defesa, Amália alega a ausência de quórum na reunião e negação pelos dirigentes do partido de seu justo direito a retratação pelo que foi dito. Ainda afirma que o PT não havia oficialmente firmado o nome de Paulo Mourão como pré-candidato ao governo do Tocantins pelo PT na data da declaração, não configurando, assim, infidelidade partidária.

Do AFNotícias 

***


error: Conteúdo Protegido