Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Em nova onda, Bolsonaro diz que pandemia 'já teve um ponto final'
Em nova onda, Bolsonaro diz que pandemia 'já teve um ponto final'

Enquanto o Brasil passa por uma quarta onda de Covid-19, com aumentos de casos em diversos estados, o  presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta quinta-feira que “a questão do vírus, pelo que tudo indica, já teve praticamente um ponto final”. Bolsonaro já fez diversas outras previsões erradas sobre o fim da pandemia.

A declaração ocorreu em um evento promovido pela Associação Brasileira de Supermercados. O presidente disse esperar que tanto a pandemia quanto a guerra entre Rússia e Ucrânia terminem em breve.

“Nós temos fé em Deus que essa crise a 10 mil quilômetros de distância, entre dois países, terá seu ponto final brevemente, como a questão do vírus, pelo que tudo indica, já teve praticamente um ponto final”.

Crescimento de 112%

Na quarta-feira, a média móvel de novos casos de Covid-19 foi de 36.629, a maior desde 21 de março, quando o índice foi de 37.093. O número é 112% maior que o cálculo de 15 dias atrás, o que demonstra tendência de alta há 13 dias consecutivos.

Bolsonaro tem um histórico de previsões erradas sobre a Covid-19. Em março de 2020, quando a doença já havia sido declarada uma pandemia e causava preocupação no mundo todo, o presidente afirmou que a doença não mataria mais de 800 pessoas no Brasil. Naquele ano, a previsão foi derrubada em 17 dias, e o país terminou 2020 com 194.976 vítimas do coronavírus.

Depois, em diversos momentos, Bolsonaro previu de forma errada o fim da pandemia. Ainda em abril daquele ano, disse que parecia que estava “começando a ir embora a questão do vírus”. Naquela data, o país tinha 1.223 mortos.

Do IGNotícias 

***


error: Conteúdo Protegido