Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora


Avião 220kg de cocaína interceptado em Porto Nacional/TO

Durante a audiência de custódia realizada na tarde sexta-feira (3), no Fórum do Judiciário de Porto Nacional, a juíza Umbelina Lopes Pereira Rodrigues decidiu pela decretação da prisão preventiva do piloto, Lucas Marcos da Silva Pereira e do copiloto Moizés Henrique de Oliveira, flagrados transportando 220 kg de cocaína em um avião, na tarde de quinta-feira (02).

“Estão presentes os requisitos que autorizam a decretação da prisão preventiva. Devendo, assim, permanecerem presos os custodiados durante a instrução criminal para garantia da ordem pública e da instrução criminal”, argumentou a magistrada, ressalvando a gravidade dos fatos, quantidade da droga e periculosidade dos agentes”.

Incineração

A juíza ainda autorizou a incineração da droga, avaliada em cerca de R$ 80 milhões, conforme informações da polícia.

A douta magistrada também solicitou que o Ministério Público se manifestasse, em um prazo de cinco dias, sobre a utilização do avião da Embraer, modelo BEM-810C, avaliado em R$ 400 mil, que era utilizado para o transporte da droga.

As primeiras informações indicam possível rota de tráfico internacional que poderia ser consolidada a partir da utilização de um novo embarque no Pará ou no Maranhão.

 

***


error: Conteúdo Protegido