Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Ex-secretário condenado em esquema do lixo é nomeado no 1º escalão do governo do Estado
Ex-secretário condenado em esquema do lixo é nomeado no 1º escalão do governo do Estado

O governador Wanderlei Barbosa (Republicanos) nomeou o ex-vereador de Palmas Amaurismar Mota Sousa, mais conhecido como Mauro Mota, para o cargo de presidente da Agência de Mineração do Estado (Ameto). O ato foi publicado nesta sexta-feira (27).

Amaurismar Mota Sousa já foi vereador em Palmas e tentou retornar à Câmara nas eleições de 2020, quando obteve 843 votos e ficou como suplente.

Em Palmas, Mauro Mota também já foi secretário municipal de Juventude e Esportes, assessor de gabinete e diretor de Articulação, entre 2005 e 2009, na gestão do ex-prefeito Raul Filho.

Em janeiro deste ano, o juiz da 3ª Vara Criminal de Palmas condenou o ex-prefeito Raul Filho e outras onze pessoas no suposto esquema do lixo, envolvendo a Delta Construções SA, do empresário Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Entre os condenados está o ex-secretário municipal Mauro Mota.

Os réus foram condenados a penas que variam de 3 anos a 5 anos de prisão, perda ou impedimento de ocupar cargos públicos, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multas e prestação de serviço à comunidade. O processo ainda está em fase de recurso.

O esquema 

Conforme a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), entre os anos de 2006 e 2010, os condenados participavam de um esquema montado para desviar recursos públicos. A Promotoria diz que a Delta Construções, uma das empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato, usava a empresa Plácido Correia da Silva ME para obter dinheiro de forma ilícita através da contratação fraudulenta para serviços de limpeza pública e coleta de lixo. A estimativa do MPTO é de que a empresa tenha recebido mais de R$ 13 milhões durante o período.

“Os acusados se associaram, de forma organizada e estruturada, dividindo tarefas, com o fim de cometer crimes de fraudes à licitação, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e outros, cujas condutas foram realizadas no período correspondente aos dois mandatos do então Prefeito Raul de Jesus Lustosa Filho à frente da Prefeitura Municipal de Palmas”, afirma o magistrado em sua decisão.

Em março deste ano, Mauro Mota foi nomeado na Assembleia Legislativa (Aleto) no cargo em comissão de Assistente de Gabinete da Comissão Permanente de Licitação.

O QUE FAZ A AMETO?

Compete à Agência de Mineração do Estado (Ameto) propor as políticas públicas de geologia, mineração e transformação mineral para o estado; o planejamento da exploração mineral e o aproveitamento dos recursos minerais; e regular o uso dos recursos minerais de domínio do estado.

Ruberval Sousa muda de cargo

Também nesta sexta-feira, Ruberval Sousa de França foi exonerado do cargo de vice-presidente executivo da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) e nomeado para secretário executivo da Infraestrutura, Cidades e Habitação.

Nomeação de Amaurismar Mota Sousa

Exoneração de Ruberval Sousa

Nomeação de Ruberval Sousa

 

Do AFNotícias 

***


error: Conteúdo Protegido