Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora
Produção de milho no Tocantins deve crescer 63% com condições climáticas favoráveis
Produção de milho no Tocantins deve crescer 63% com condições climáticas favoráveis
Espalhe essa notícia

A cultura do milho continua uma atividade em expansão no Tocantins. De acordo com dados do 8° levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Tocantins já ultrapassou os 322 mil hectares de milho na safra atual, na segunda safra, o que equivale ao aumento de 43,1% da área plantada em relação a safra passada; e a produção deve chegar 1,506 milhão de toneladas do grão, um aumento de 63% a mais na produção da safra anterior.

A estimativa de produção de milho saltou de 924 mil toneladas para 1.506 milhão de toneladas de grãos nesta safra 2021/2022. A área de plantio aumentou de 225 mil hectares para 322 mil hectares de cultivo do milho nesta segunda safra de plantio.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Secretaria da Agricultura, Pecuária  e Aquicultura (Seagro), Thadeu Texeira Júnior, a área de milho na safra 2021/2022 está tendo um incremento significativo, principalmente no milho 2ª safra (safrinha). “Esse aumento foi beneficiado pelas condições climáticas que permitiram um plantio da soja mais cedo e, consequentemente janela favorável para o cultivo do milho em sucessão a colheita da soja, sendo que até o momento as condições climáticas se mostram favoráveis ao desenvolvimento das lavouras, e assim, os produtores aguardam uma produtividade superior à safra 2020/2021”, destacou.

Dados da Conab apontam que as áreas de maiores cultivo do milho, segunda safra estão nos municípios de Porto Nacional com 38,76 mil hectares, seguidos de Caseara (35 mil), Santa Rosa do Tocantins (30 mil) e Campos Lindos com 21,8 mil hectares de plantio do milho.

COTAÇÃO

Ainda segundo dados da Conab, houve um avanço da área semeada, por conta da antecipação na colheita da soja sequeiro, deixando o calendário de plantio mais expandido. A cotação médio do grão, é de R$ 80,00 saca/60 kg pago ao produtor.

Do AFNotícias 

***


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido