Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Mais de 150 doses de vacinas contra a covid-19 teriam desaparecido misteriosamente de uma unidade de saúde no município de Riachinho, no norte do Tocantins. Na semana passada, a Câmara de Vereadores da cidade aprovou um requerimento cobrando a abertura de sindicância interna na Secretaria Municipal da Saúde.

O autor da denúncia, vereador Valdean Oliveira da Costa, cita a existência de um relatório prévio que aponta indícios do sumiço de "mais ou menos 155 doses". Segundo o documento, não se sabe o destino das vacinas ou onde foram colocadas. A Câmara quer respostas no prazo máximo de 30 dias.

O portal Integra Saúde, que é atualizado diariamente pelo Governo do Tocantins, mostra que Riachinho já recebeu 1.468 doses de vacinas contra a covid-19. Porém, foram aplicadas apenas 863, ou seja, 58,7% do total, o que corresponde a 12,2% da população do município. Os dados foram consultados na manhã desta segunda-feira (24).

A cidade já contabiliza 308 casos confirmados do novo coronavírus e 4 mortes provocadas por complicações da infecção.

Riachinho possui 4.684 habitantes, segundo a última estimativa do IBGE. O prefeito do município é Ronaildo Bandeira (Solidariedade).

No início do mês de maio, o prefeito exonerou a então secretária de Saúde Maria Cleomar Bezerra e nomeou para o cargo Antônio Magalhães da Silva Filho.

A reportagem solicitou esclarecimentos da Prefeitura de Riachinho sobre o suposto sumiço das vacinas, mas ainda não obteve resposta.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Sumiço teria ocorrido na Secretaria da Saúde de Riachinho (TO) / Foto: Divulgação


error: Conteúdo Protegido