Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



O policial penal Alisson Francisco Silva Ramos, 37 anos, exterminou a própria vida, por volta das 22h e 20m de sexta-feira (30), na residência de sua companheira, à Rua Felismina Aires Fernandes, Setor Nova Capital, em Porto Nacional (TO).

De acordo com os relatos colhidos por nossa reportagem, o homem havia ido tomar banho quando as testemunhas escutaram o estampido do disparo de arma de fogo efetuado contra a cabeça.

Perícia criminal foi acionada, procedeu os levantamentos e autorizou a remoção do corpo para exames no IML local.

Não há informação sobre os motivos que teriam levado policial penal Alisson a cometer o ato tresloucado. Ele era lotado na Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional.

Segundo caso

É o segundo caso de suicídio no âmbito da Polícia Penal do Tocantins, em menos de dois anos. Em julho de 2019, agente penal Celio Ribeiro Marinho, lotado na Cadeia Pública de Formoso do Araguaia, a 303 km de Palmas, sudoeste do Estado tirou a própria vida também com um disparo de arma de fogo.

 

***


error: Conteúdo Protegido