Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

No início da noite de sexta-feira (30), o jovem Carlos Daniel Alves Araújo, 20 anos, foi executado a tiros, no momento que se encontrava com sua namorada em um bar localizado na Rua 04, Setor Vila Couto Magalhães, em Araguaína, norte do Tocantins.

A testemunha ocular contou que a assim que chegaram ao estabelecimento, a vítima confessou que não estava bem e tinha presságio de que poderia ser assassinada naquele local. Pouco tempo depois, o autor chegou de supetão com a arma em punho e disparou oito vezes na direção de Carlos Daniel que morreu na hora.

Após a prática do delito, o autor fugiu em direção não sabida por parte dos populares que se encontravam no estabelecimento comercial.

Policiais Militares do 2º BPM deram uma vasculhada em todo a área adjacente no intuito de prender o acusado, porém, não lograram êxito.

A Perícia Criminal compareceu para levantamentos de praxe e constatou que o jovem exibia duas perfurações na cabeça, duas no braço direito e três na barriga. Os peritos recolheram 8 capsulas de pistola ponto-380 para serem periciadas e acostadas ao laudo.

Nossa reportagem foi informada que Carlos Daniel teve envolvimento com a criminalidade quando era menor, tendo sido internado em um centro de recuperação. Ele passou um tempo fora de Araguaína porque estava recebendo ameaças de morte e havia retornado há 4 dias.

As investigações serão realizadas pela equipe da 2ª DHPP – Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa – com sede na cidade.


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido