Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

A Secretaria de Estado da Administração (Secad) se reuniu com os representantes da Câmara Técnica de Revisão do Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Tocantins para darem início às tratativas que visam à revisão do estatuto do servidor.

O assunto foi debatido por videoconferência com os gestores e as entidades que representam os servidores na tarde desta quarta-feira (24).

As discussões oportunizadas pelas Câmaras Técnicas são de suma importância para a manutenção dos direitos de todos os servidores, segundo a Secad. Desde a terça-feira (23), a pasta iniciou um ciclo de debates com os mais variados assuntos de modo que sirvam de base para o aprimoramento da gestão pública.

A composição da Câmara Técnica de Revisão do Estatuto foi designada pela Portaria nº233/2021. Fazem parte da coordenação deste trabalho: o secretário da Administração, Bruno Barreto; a diretora de Gestão Funcional, Denise Beltrame da Silva; o diretor Jurídico da Secad, Rodrigo Magno de Macedo; Gabriela dos Santos Barros (Procuradoria-Geral do Estado); Cleiton Lima Pinheiro (Sindicato dos Servidores Públicos-Sisep); Alessandra Bonfim Barcellar (Sindicato dos Jornalista); João Batista Alves das Neves (Sindicato dos Profissionais da Enfermagem – Seet).

Esse grupo é responsável por coordenar os trabalhos do processo de revisão do estatuto dos servidores, apresentar propostas, planejar, organizar e acompanhar os estudos da câmara representativa dos servidores.

Para que ocorram as mudanças, os representantes dos servidores devem apontar as principais necessidades, de forma que a participação seja o mais democrática possível, como destacou o secretário da Administração, Bruno Barreto.

Ficou claro nesta primeira reunião com a Câmara de Revisão do Estatuto o intuito de todos os membros da comissão para criar uma metodologia participativa e que leve a discussão para avançar de fato com mudanças viáveis e necessárias. Queremos tratar dessa questão tão importante para nossos servidores da maneira mais democrática possível”, ressaltou.

A diretora de Gestão Funcional, Denise Beltrame, falou na oportunidade que “a participação dos servidores é essencial, é importante que a gente faça parte desse grupo, pois as melhorias dependem disso”.

Os sindicatos

Segundo o sindicalista Cleiton Pinheiro, a redação atual do estatuto está defasada e não contempla na sua totalidade diversas situações no dia a dia do servidor.

“Nós defendemos uma mudança que sane todos os pontos que hoje interferem na vida dos servidores. Vemos como positiva essa iniciativa do Governo e nos colocamos a disposição, nosso papel enquanto sindicato é sempre contribuir, participando de forma ativa nas decisões que implicam em melhorias para os servidores”, pontuou.

As entidades representativas dos servidores participam das câmaras como papel fundamental na elaboração de melhorias para as diversas categorias. Também representando os servidores a sindicalista, Alessandra Bacelar, agradeceu a oportunidade de fazer parte desse diálogo. “Agradeço por ter sido convidada a fazer parte desta câmara, com satisfação que recebi o convite para debater esse assunto, pois são demandas que precisam ser melhor estudadas”, destacou.

Próximo passo

O grupo debateu os principais pontos a serem abordados nos estudos, como também traçou um panorama da atual situação do estatuto. Assim, ficou acordada a elaboração do cronograma para apresentar os estudos preliminares na próxima reunião.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Palácio Araguaia, sede do Governo do Tocantins / Foto: Aldemar Ribeiro/ATN


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido