Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

O principal suspeito de assassinar um homem e ferir gravemente um de seus enteados em fevereiro deste ano em Paraíso do Tocantins foi preso neste domingo (21/03). O homem tem 39 anos e não teve a identidade revelada pela Polícia Civil.

O homicídio

Segundo a investigação, na noite do dia 8 de fevereiro, sem motivo aparente, o suspeito chegou até a residência da vítima, localizada no Setor Nova Fronteira, em Paraíso, onde sacou uma pistola e efetuou vários disparos contra o homem, que acabou vindo a óbito no local.

1ª tentativa de homicídio

Ao ver seu padrasto caído, um dos enteados da vítima entrou em uma camionete e iniciou uma perseguição ao autor.

Durante a perseguição, o suspeito do crime efetuou vários disparos que atingiram o capô e o para-brisa do veículo. O jovem não foi ferido, pois se abaixou.

2ª tentativa de homicídio

Pouco tempo depois, outro enteado do homem, que também havia presenciado os fatos, passou a correr atrás do atirador, momento em que este efetuou vários disparos contra o jovem, que foi atingido várias vezes no tórax e no rosto.

Atualmente, o rapaz se encontra internado em estado gravíssimo no Hospital Geral de Palmas. Na ocasião, o autor dos crimes conseguiu fugir e só foi localizado e preso neste domingo.

A captura

A operação que resultou na prisão teve início ainda no sábado (20) e foi realizada pela 6ª Divisão de Repressão ao Crime Organizado (6ª DEIC de Paraíso), e com apoio da Polícia Civil do Pará, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Comando de Operações de Divisas de Goiás (COD-GO).

“Já investigávamos os fatos e, de posse do mandado de prisão, nossas investigações indicaram que o homem poderia estar nos estados do Pará, Goiás ou, então, no Distrito Federal. Desse modo, solicitamos apoio das forças de segurança dos dois estados, além da PRF”, ressaltou o delegado-chefe da 6ª DEIC, Hismael Athos.

Após compartilhamento de informações, os investigadores da 6ª DEIC conseguiram apurar que o suspeito estaria na cidade de Ceilândia (DF). Assim, as informações foram repassadas à Polícia Rodoviária Federal, que então conseguiu efetuar a captura do homem, em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Vara Criminal da Comarca de Paraíso.

Após a realização das providências legais cabíveis, ele foi recolhido na Cadeia Pública da cidade, onde aguardará recambiamento para Paraíso do Tocantins.

Segundo o delegado Hismael Athos, a prisão do investigado é de suma importância para o completo esclarecimento do crime que chocou a população de Paraíso devido a extrema violência empregada em sua prática. “Agora, vamos dar prosseguimento às investigações para esclarecer a motivação para a prática desses crimes”, frisou o delegado.

Conforme a Polícia Civil, o investigado é considerado de alta periculosidade, já possui passagens pela polícia por porte de arma de fogo e é suspeito de atuar como pistoleiro.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Crime ocorreu em Paraíso do Tocantins / Foto: Divulgação


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido