Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Com o sistema de saúde operando com lotação máxima nos leitos de UTI Covid-19, as medidas restritivas de enfrentamento à pandemia ficarão ainda mais rígidas em Araguaína.     

Um novo decreto será publicado pelo prefeito Wagner Rodrigues (SD) proibindo o uso de espaços públicos como academias ao ar livre e Via Lago, e determinando o fechamento do Complexo Esportivo Beira Lago e Parque Cimba.

Nesta quinta-feira (11), equipes da Agência Municipal de Segurança, Transporte e Trânsito (ASTT) já realizaram blitz na Via Lago para orientação dos motoristas e pedestres sobre as novas medidas.

Também haverá fiscalização pontual e in loco nas academias, casas lotéricas, bancos, cartórios e supermercados, para coibir aglomerações.

O novo decreto ainda tornará obrigatório o uso de luvas descartáveis nos supermercados e hipermercados.

AULAS NO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR

Já as instituições de ensino superior e médio, pública ou privada, deverão funcionar de forma remota, por tempo indeterminado.

Permanecem inalteradas as condições previstas no Decreto nº 013 sobre o ensino fundamental nas escolas particulares e públicas, esta última com retorno híbrido previsto para o dia 22 de março. Nesse nível de ensino foram registrados poucos casos em sala de aula. O nível de infecção está abaixo de 0,4% na rede pública municipal.

“Sabemos dos impactos econômicos e sociais [das medidas restritivas], mas a vida tem prioridade. Está muito difícil e precisamos da conscientização do povo. Nosso povo precisa se conscientizar! O povo precisa entender essa realidade. O momento é crítico, crítico, crítico…”, desabafou o prefeito Wagner Rodrigues em entrevista ao AF Notícias.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Sistema de saúde entrou em colapso em Araguaína / Foto: Marcos Sandes


error: Conteúdo Protegido