Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



O cenário político brasileiro ficou em polvorosa, nesta segunda-feira (8), com a decisão do ministro Edson Fachin, do STF, que anulou todas as condenações do ex-presidente Lula relacionadas à operação Lava Jato. Dessa forma, o petista volta a ser elegível e poderá disputar as Eleições 2022.   

Nessa condição, Lula seria o principal concorrente do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no próximo pleito, um duelo entre dois extremos, direita e esquerda.

Mas há também quem defenda o nome do ex-presidente para outros cargos eletivos. É o caso do deputado estadual tocantinense Jorge Frederico, do MDB. Em comentário postado no Twitter, o parlamentar afirma que, independente de lado político partidário, Lula seria um 'grande senador'. "É minha opinião", diz.

“Não é questão de eu apoiar ou não. Se ele está elegível é atualmente um dos homens mais preparados para representar à população no Senado da República. Ex-presidente, conhecedor de causas populares, experiência incrível. Esqueçamos partidos. O que é, é”, afirma Jorge Frederico.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Ex-presidente Lula / Foto: Divulgação


error: Conteúdo Protegido