Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

O número de vagas para estudantes atendidos pelo Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim) foi ampliado em Gurupi (TO) com a transformação da Escola Estadual Setor Aeroporto em extensão da Escola Estadual Hercília Carvalho da Silva.

Nesta segunda-feira (9), após a autorização do Ministério da Educação (MEC), a equipe da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) fez a apresentação da nova proposta, que foi acolhida pelos profissionais que atuam na unidade de ensino.

“A articulação com o MEC foi uma iniciativa nossa, visando ampliar a capacidade de atendimento aos estudantes e fortalecer o trabalho da unidade de ensino. Foi uma decisão em prol de toda a comunidade escolar”, pontuou a titular da Seduc, Adriana Aguiar.

De acordo com a assessora de Apoio aos Municípios, Kelma Tavares Barbosa, a comunidade local ansiava pela integração da metodologia já adotada pela rede com a disciplina militar.

A Escola Estadual Setor Aeroporto conta com boa estrutura física e com salas ociosas, com condições adequadas para o atendimento dos alunos que pleiteiam e aguardam vagas nas Escolas Cívico-Militares do Tocantins, ampliando a capacidade de atendimento de até mil estudantes no município de Gurupi”, apontou.

Localizada na Avenida Aeroporto, setor Vila Nova, a Escola Estadual Setor Aeroporto fica a aproximadamente 1.300 metros do Hercília, que conta com aportes financeiros do Governo Federal para melhorias na estrutura e com a disciplina (norma de conduta) militar. A escola receberá nova pintura e passará por outras intervenções para melhoria do prédio.

Considerando que a Escola Estadual Setor Aeroporto estava com baixa procura e nós temos a estrutura, os profissionais e a procura dos estudantes, pelo Hercília, resolvemos unir esses fatores”, ressaltou Adriana Aguiar.

Na ocasião da apresentação, os profissionais que atuam na unidade de ensino acolheram, com empolgação, a proposta. O professor Genailson Rocha destacou que a mudança representa uma grande conquista para a unidade de ensino.

Quando eu cheguei aqui em 2012, tinha uma procura grande pela unidade de ensino, depois eu fiquei afastado da escola e quando voltei, em 2019, já tinha um número bem menor de estudantes. Com essa reformulação, a escola certamente passará a ter uma procura maior, pois o Hercília já tem alunos esperando por uma vaga”, ressaltou.  

Para ingressar na unidade de ensino, os interessados devem seguir o procedimento normal de matrícula, acessando o site da Seduc em http://matricula.seduc.to.gov.br/ ou pelo telefone 0800 0635050. Na pré-matrícula, o interessado tem a opção de informar três opções distintas de Escola ou três opções diferentes de turno na mesma Escola em que deseja se matricular.

(As informações são do Governo do Tocantins)

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Para a titular da Seduc, Adriana Aguiar, a mudança ocorreu em prol da comunidade escolar / Foto: Juliana Carneiro/Governo do Tocantins


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido