Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Um relacionamento de pouco mais de 4 meses e já marcado por brigas de ciúme terminou em tragédia na noite deste sábado (6), na fazenda Alto da Glória, perto do Assentamento Tarumã, zona rural de Araguacema, região oeste do Tocantins, no vale do Araguaia.

A professora Vanessa Araújo de Sousa, 41 anos, foi morta a facadas e seu companheiro, o agricultor conhecido por Elismar, 40 anos, acusado de ser o autor do feminicídio, cometeu suicídio por envenenamento.

De acordo com as informações, depois de esfaquear a mulher, o homem enviou mensagem aos familiares dela dizendo que tinha feito uma besteira.

Os corpos foram encontrados dentro da casa da propriedade, onde também foram recolhidos pela perícia uma faca de cozinha manchada de sangue e um copo sujo de veneno.

Vanessa Araújo deixou três filhos: uma menina de 6 anos e dois garotos de 08 e 10 anos. As crianças não estavam em casa na hora da tragédia passional.

 

 

***


error: Conteúdo Protegido