Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

O edital do concurso da Polícia Militar do Tocantins (PMTO) destinado ao ingresso no Quadro de Praças Especialistas foi retificado nos subitens 9.2, 16.1 e Anexo VI.

As alterações constam no edital nº 2 – PMTO – CFPE, que foi publicado no Diário Oficial do Estado do Tocantins nº 5.795 desta quarta-feira (24).

O edital torna público que estão disponíveis no endereço eletrônico da banca organizadora, o Cebraspe, as partituras das peças de confronto a que se refere o subitem 9.7 do referido edital.

As mudanças no edital esclarecem que a prova prática instrumental será realizada por examinadores designados pela Comissão de Concurso e será gravada em sistema audiovisual pela PMTO para uso exclusivo da banca examinadora.

Explica ainda que serão convocados para o Curso de Formação de Praças Especialistas (CFPE) os 25 primeiros candidatos classificados, aprovados e aptos nas etapas do concurso, distribuídas por instrumento musical.

Está disponível também no edital o anexo VI com as planilhas de avaliação da prova de prática instrumental (2ª etapa).

O concurso

O concurso da Polícia Militar do Tocantins oferta 1.000 vagas para praças, sendo 950 vagas para o quadro operacional (QPPM), 25 vagas para o quadro de músicos (QPE-Músicos) e 25 vagas para o quadro da saúde (QPS), essas distribuídas em 20 para técnico em enfermagem e 5 para técnico em saúde bucal.

Os candidatos aprovados no concurso ingressarão na Polícia Militar para realização dos cursos de formação de praças na graduação de Aluno-Soldado. Ao término, receberão a graduação de Soldado 2ª Classe.

Após os cursos de formação, os salários iniciais são de R$ 3.330,99, devendo o militar ficar no mínimo 36 meses na graduação. 

As provas objetivas e de redação devem ser aplicadas em 14 de março.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Banda de Música da PMTO / Foto: Divulgação


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido