Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

O delegado de Polícia Civil Joadelson Rodrigues Albuquerque está à frente das averiguações do caso que chocou a população de Natividade, região sudeste do Tocantins.

Na manhã desta terça-feira (23), a sepultura e o corpo de uma idosa de 71 anos foram violados no cemitério da cidade, com o encontramento de um preservativo ao lado do cadáver deixando um forte indício do cometimento do crime de necrofilia que consiste na prática de atos sexuais com defunto.

A mulher muito conhecida em Natividade onde morava e atuou por vários anos como professora, faleceu em um hospital particular de Palmas, capital do estado, onde estava internada com problemas cardíacos e contraiu uma infecção generalizada. O sepultamento da anciã foi realizado no final da tarde de segunda-feira (22).

Na manhã seguinte (terça-23), um membro da família foi ao campo-santo onde encontrou o túmulo aberto e o corpo coberto do lado de fora.

Investigações

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado – SSP-TO – as investigações se encontram em estágio bastante avançado. Algumas testemunhas já foram ouvidas e novos depoimentos serão tomados nesta quarta-feira (24).

Ainda não há informação confirmada sobre algum suspeito, mas, o delegado Joadelson está otimista quanto à possibilidade de elucidar o caso nos próximos dias.

Vilipêndio de Cadáver e Necrofilia

Com base nos artigos 210 e 212 do Código Penal, que tratam da proibição da violação de sepultura e vilipêndio de cadáver, as penas previstas são de um a três anos de prisão, mais multa.

Segundo alguns juristas o crime de vilipêndio de cadáver, tipificado no artigo 212 do Código Penal, é muitas vezes realizado na modalidade de necrofilia. Caso se confirme o ato sexual ter-se-á esse crime.

O tipo penal, conforme especialista, objetiva proteger o sentimento de respeito aos mortos, tendo como sujeito ativo qualquer pessoa que desrespeitá-los e sujeito passivo a coletividade em especial os familiares e amigos do falecido.

 

 

***


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido