Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade

Espalhe essa notícia

Um dos líderes da facção criminosa Comando Vermelho (CV) em Goiás foi morto em troca de tiros com a Polícia Militar em Paranã (TO) por volta das 06h30 desta segunda-feira (15).

Segundo a PM, o criminoso assumiu um protagonismo muito grande dentro da facção, era uma das principais lideranças que estava fora da prisão e estaria tentando fugir para o Estado do Rio de Janeiro, via aeroporto de Palmas (TO).

Ele já tinha passagem por porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, falsidade ideológica, uso de documento falso e associação para o tráfico.

Ainda conforme a PM, a ação que resultou na morte do criminoso ocorreu durante missão que era cumprida pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE) no âmbito da operação Hórus Divisa.

A equipe havia recebido informações compartilhadas pela Polícia Militar de Goiás e, durante patrulhamento pelo Setor Vila Nova, visualizou o veículo com as mesmas características do que estaria com o suspeito.

A equipe deu voz de prisão ao criminoso, mas ele efetuou disparos de arma de fogo na direção dos militares. Eles revidaram e constataram que o suspeito havia sido alvejado quando o confronto cessou.

Em seguida, o socorro médico foi providenciado, o suspeito atendido ainda com sinais vitais no Hospital Municipal de Paranã, mas acabou não resistindo.

Foram localizados com o autor 01 arma de fogo tipo revólver, calibre 38; 06 munições deflagradas do mesmo calibre; 01 kg de maconha; 01 veículo Onix Plus; 02 aparelhos celulares; 01 carteira com documentos pessoais; 01 uma corrente aparentemente de ouro; 01 HD Externo; e 01 relógio de pulso.

Para a PM, a operação no Tocantins representa um duro golpe na facção criminosa e um prejuízo ao crime estimado em R$ 300.000,00.

O suspeito morto não foi identificado.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Itens apreendidos com o suspeito / Foto: Divulgação/PM


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido