Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

Por Zacarias Martins 

O prefeito  de Tocantínia, Manoel Silvino (SD)  participou de uma reunião  nesta quinta-feira, 11,  com a professora Neila Osório,  coordenadora da Universidade da Maturidade (UMA), que é um Programa de Extensão da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

A reunião teve o objetivo de realizar uma parceria entre a UMA/UFT e a Prefeitura de Tocantínia, para implantação de um polo desse programa no município.

De acordo com a professora  Neila Osório, o diferencial  da iniciativa é que será um polo indígena e, desta forma, serão valorizados os costumes e a cultura do povo Xerente.

Também participaram da reunião o vice-prefeito, João Alberto, o secretário municipal de Educação, André Goveia; e os professores Aliny de Sousa e Marcos Xerente.

Alternativa

O secretário de Educação de Tocantínia, André Goveia, destaca que a implantação da Universidade da Maturidade em Tocantínia, com o apoio da Prefeitura Municipal, chega  como uma importante alternativa para as pessoas adultas da comunidade Xerente, numa fase da vida em que detém experiência acumulada e sabedoria .

“O polo da Universidade da Maturidade, em Tocantínia, será   um espaço de convivência social de aquisição de novos conhecimentos voltados para o envelhecer sadio e digno para o povo Xerente, sobretudo, na tomada de consciência da importância de participação do idoso na sociedade enquanto sujeito histórico”, concluiu André Goveia.

 

***


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido