Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

A Prefeitura de Araguaína iniciou o pagamento do auxílio emergencial ao setor cultural por meio de transferência bancária na conta dos beneficiados nesta sexta-feira (5).

Foram aprovados 151 projetos de artistas e empresários, que vão receber de R$ 3 mil a R$ 15 mil. A lista atualizada com a relação dos selecionados será divulgada no Diário Oficial do Município até a próxima semana.  

“Nós já havíamos divulgado a lista completa dos projetos selecionados ainda em dezembro do ano passado, conforme previsto no edital, mas algumas atualizações foram necessárias dentro do processo. Com isso, a divulgação deverá ser feita novamente na semana que vem”, explicou o secretário do Esporte, Cultura e Lazer, Zeca de Oliveira. 

Sobre a seleção 

Para receber e avaliar os projetos, a secretaria criou um cadastro on-line dos profissionais do setor cultural para atualização e substituição ao registro físico já existente, mapeando a cadeia produtiva local.  

Cada edital publicado durante o processo seletivo homenageou um araguainense destaque na atividade para qual o recurso foi dedicado, como Francisco Concesso, Carlos Capoeira, Paulo Trindade, entre outros. Os projetos inscritos em cada categoria foram selecionados depois de avaliação minuciosa de uma comissão formada pela secretaria. 

Benefício nacional 

A Lei Aldir Blanc, do Governo Federal, destina R$ 3 bilhões para o setor cultural, um dos principais afetados pela pandemia do coronavírus. O auxílio beneficia artistas e empresas por meio de seus projetos e ações, e também dá manutenção de espaços como escolas de música, teatro, circos, feiras de arte e talento, livrarias, estúdios e outros.

A legislação ficou conhecida como Lei Aldir Blanc, em homenagem ao compositor e escritor que morreu em maio do ano passado, vítima da covid-19.

(Adriana Santana/prefeitura)

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Pagamento é feito por transferência bancária / Foto: Marcos Sandes


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido