Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

A prefeita do município de Monte Santo, Enfermeira Nezita (PSL) e o vice-prefeito, Dr. Edivaldo (PSL), decidiram abrir mão dos próprios salários até o final do mandato, que se findará em 2024. O resultado da abdicação salarial, vai gerar uma economia de aproximadamente R$650 mil anual.

Segundo a gestora, desde o momento em que decidiu concorrer ao Executivo já havia definido em comum acordo com o Vice-prefeito Dr. Edivaldo (PSL), que não receberam provimentos durante a gestão. “Não dissemos isso durante o período eleitoral, porque não quis politizar essa decisão, essa economia com certeza irá auxiliar nas mais diversas áreas do nosso município, vamos nos dedicar todos os dias para melhorar a qualidade de vida de nossa gente” disse a Chefe do Poder Legislativo.

A enfermeira é a primeira mulher eleita para chefiar o Palácio Municipal. É também a primeira vez na história do município que um prefeito abre mão de receber seus vencimentos.

Fonte Por: Edson Gilmar Fonte: Edsom Gilmar com informações da assessoria
Crédito de imagem: Nezita afirmou que serão economizado 650 mil reais com a renuncia salarial – Foto: Divulgação


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido