Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

Dois criminosos morreram na tarde dessa terça-feira (19) durante troca tiros com policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar do Tocantins – BPCHOQUE. O confronto foi registrado na rodovia TO-010, próximo à cidade de Lajeado, na região central do estado.

De acordo com informações apuradas no local pela reportagem da Agência Tocantins, a dupla teria invadido uma residência no Jardim Aureny II, na região sul de Palmas, onde após fazer as pessoas que estavam no imóvel de refém, levaram vários objetos pessoais das vítimas e um automóvel, da marca Chevrolet, modelo Celta.

Após o crime, os criminosos fugiram indo para a cidade de Tocantínia, onde de posse de uma arma de fogo, renderam um empresário da cidade que trabalha com revenda de gás de cozinha e após, fazer mais essa família de refém, levaram cartões de banco e dinheiro, na fuga, os criminosos abandonaram em uma área de mata o veículo roubado na capital.

Para continuar a fuga, os criminosos renderam um casal em uma chácara já no município de Lajeado e levaram a motocicleta, após tomar o veículo, os dois criminosos continuaram a fuga pela rodovia TO-010 onde foi feito o acompanhamento pela equipe da PM. Segundo a PM, a dupla não respeitou a ordem de parada e efetuou vários disparos de arma de fogo contra a equipe do BPCHOQUE que reagiu a injusta agressão e alvejaram os dois criminosos.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU esteve no local e apenas confirmou os óbitos. Os criminosos estavam sem documentos e não foram identificados.

Com os criminosos mortos, a perícia da Polícia Técnica Científica encontrou um revólver calibre .38 com seis munições deflagradas.

Um terceiro envolvido nos crimes, foi preso e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil na cidade de Miracema do Tocantins, ele foi identificado com Bruno Aires Correia, de 25 anos.

No momento em que foi detido pelos militares, Bruno estava usando uma tornozeleira eletrônica, questionado sobre a sua participação nos crimes, ele disse que é inocente e que estava na região a trabalho.

Com ele, os militares apreenderam vários cartões de banco e cerca de R$ 60,00 em dinheiro. Os cartões encontrados com o suspeito, pertence a uma das vitimas da quadrilha da cidade de Tocantínia.

Após a realização dos serviços da perícia da Polícia Técnica Científica, os corpos foram removidos pelo rabecão para o  Instituto Médico Legal – IML de Palmas.  

Confira a entrevista exclusiva com Major W. Costa da PMTO

Fonte Por: Alessandro Ferreira Fonte: Alessandro Ferreira | Agência Tocantins
Crédito de imagem: Dupla morre em confronto com a PM após cometer assaltos em Palmas e Tocantínia – Foto: Alessandro Ferreira / Agência Tocantins


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido