Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

O amanhecer de quarta-feira (13) foi de terror e medo para os moradores e visitantes da Fazenda Maialves situada ao lado da TO-455 que dá acesso ao Distrito de Luzimangues, município de Porto Nacional.

Por volta da 5h da manhã, pouco tempo depois de acordarem, o caseiro e sua esposa foram rendidos por quatro desconhecidos, todos encapuzados e armados.

Com ameaças e agressões a coronhadas, os ladrões queriam que as vítimas abrissem a casa principal da propriedade, entretanto, as chaves ficam com o proprietário que mora na cidade. Sem delongas, os agressores arrombaram a porta e adentraram no imóvel onde começaram a revirar tudo em busca de joias, dinheiro e armas.

Em alguns minutos, o tratorista e outro fazendeiro da região chegaram no local, ocasião em que os assaltantes obrigaram o caseiro e esposa a disfarçarem e chamarem os visitantes para tomar café. Ao entrarem, os dois também foram rendidos e trancados juntamente com as outras vítimas em um quarto.

Roubaram muita coisa

Foram roubados da fazenda e das vítimas os seguintes objetos:

Um Televisor Panasonic tela plana 32 polegadas; um celular LG preto de telefonia rural; um celular Iphone 11S; um celular blue digital; um celular Samsung J4; um celular Samsung J5; um notebook dell prata; um GPS Garmini; uma roçadeira Husqvarna; um motosserra Stihl 61; 2.200 reais em dinheiro; uma Forde Ka vermelho, modelo 2011, de placa MWK-4514 – TO; e uma camionete L200 Triton, prata, modelo 2018, placa PRO-5531-GO.

Depois que a quadrilha pegou o que queria e deixou a propriedade, o caseiro conseguiu subir e destalhar o quarto.

Policiais Militares foram acionados, realizados buscas pelas redondezas, mas, não conseguiram localizar nenhum dos autores.

Ford Ka abandonado

No mesmo dia à noite, por volta das 22 horas, as guarnições do 1º BPM encontraram o veículo Ford Ka abandonado nos matagais, nas proximidades da Quadra Esportiva do Setor Padre Luso, região sul de Porto Nacional.

As investigações estão a cargo da equipe da 7ª DEIC – Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado – com sede em Porto Nacional.

 

 

***


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido