Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

O governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) começou a mobilizar os profissionais que atuam na aérea de turismo para se inscreverem nos cursos de capacitação turismo ofertados pela Universidade Federal do Tocantins (UFT) por meio curso de Turismo Patrimonial e Socioambiental, do Câmpus de Arraias que lançou, nesta quinta-feira, 07, o edital do Projeto Especialização Técnica em Atrativos Naturais e Culturais do Norte e Centro-Oeste do Brasil (Anctur), com apoio financeiro do Ministério de Turismo. O projeto disponibilizará cursos com o objetivo de capacitar 540 profissionais da área do turismo.

De acordo com o Edital, serão disponibilizados cursos de especialização em atrativos culturais e naturais para os guias de turismo, com carga horária de 200h, sendo 160 na modalidade EaD e 40h de aula prática. Os cursos beneficiarão os profissionais que são habilitados no Cadastur (sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor de turismo) como Guia Regional.

“O curso é uma grande oportunidade para o aprimoramento dos guias de turismo do Estado possam se atualizarem e qualificarem ainda mais a fim de prestar um serviço de excelência e qualidade aos turistas que visitam os atrativos turísticos do Tocantins. Nesse sentido, estaremos mobilizando os guias de turismo cadastrado no Cadastur”, destacou o Secretário de Indústria, Comércio e Serviços e presidente da Adetuc, Tom Lyra.

O projeto Anctur tem como principal objetivo a formação de profissionais conscientes do desenvolvimento sustentável e promover a inserção de profissionais qualificados no setor do turismo. “O projeto é um desafio para UFT visto o pioneirismo dos cursos que estão sendo ofertados pela primeira vez em território nacional, cumprindo o papel de formação com excelência acadêmica e entregar produtos finais eficientes, afastando o risco de negligenciar a elaboração de conteúdos autorais que não se aplicam a prática dos profissionais Guia de Turismo e o desenvolvimento de processos de aprendizagem aleatórios e distantes das realidades locais. E além de ser um projeto amplamente divulgado no país”, afirma a professora da UFT e coordenadora do projeto Ana Cláudia Sampaio.

 As inscrições para participar do programa terão início no dia 25 de janeiro e seguem até 05 de fevereiro de 2021. Confira a íntegra do edital: https://docs.uft.edu.br/share/s/EULr-F9dTWKTzYBbE-Vwjg

Fonte Por: Redação
Crédito de imagem: De acordo com o Edital, serão disponibilizados cursos de especialização em atrativos culturais e naturais para os guias de turismo


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido