Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



A data em que o Tocantins registrou a morte da servidora pública Francisca Romana Sousa Chaves, a primeira por coronavírus, foi definida como Dia Estadual das Vítimas da Covid-19.

Francisca Romana tinha 47 anos e morreu em 15 de abril de 2020. Desde então, o Estado já alcançou a triste marca de 1.244 mortes provocadas pela doença até a manhã desta terça-feira (5).

A definição está prevista na lei nº 3.761, de 4 janeiro de 2021, que institui o Dia Estadual das Vítimas da Covid-19 e o inclui no Calendário Oficial de Eventos do Estado.

A norma foi sancionada pelo governador Mauro Carlesse e publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (4).

A proposta foi feita pelo deputado estadual Léo Barbosa. Ele justifica a criação da data como uma forma de homenagem. “[…] sabendo da importância de cada pessoa que partiu, não poderia deixar de homenagear aqueles que partiram salvando vidas e aqueles que partiram lutando para não morrer”, afirmou.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Francisca Romana / Foto: Arquivo pessoal


error: Conteúdo Protegido