Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



O 1º sargento da Polícia Militar do Tocantins João Brito da Luz, de 67 anos, faleceu na manhã desta segunda-feira (28) no Hospital Dom Orione, em Araguaína, vítima das complicações causadas pela covid-19. Essa é a segunda baixa na corporação em menos de 24 horas.

A informação foi confirmada pelo Chefe do Estado Maior, coronel Márcio Antônio Barbosa de Mendonça. Conforme a nota de pesar, o sargento da reserva foi internado no dia 1º de dezembro e já estava com a saúde debilitada devido a problemas de asma e bronquite.

O sargento Brito era natural do município de Filadélfia e ingressou na corporação em 15 de setembro de 1978, onde exerceu suas atividades no 2º Batalhão da Polícia Militar de Araguaína. Ele deixa a esposa e cinco filhos.

Policial militar honrado, cumpriu com dedicação as atribuições que lhe foram confiadas”, disse o coronel Márcio Antônio

Primeira morte entre militares da ativa

O 2º sargento Rosenildo de Oliveira Almeida, 54 anos, morreu no Hospital Regional de Augustinópolis, na tarde deste domingo (27), também vítima de complicações da covid-19. Foi a primeira morte registrada entre militares da ativa no estado. Ele deixa esposa e três filhos.

Rosenildo integrava as fileiras da PMTO desde o ano de 1993.

Veja mais

PM registra primeira morte entre militares da ativa por causa da Covid-19 no Tocantins

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: João Brito da Luz / Foto: Divulgação


error: Conteúdo Protegido