Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



A Polícia Civil do Tocantins prendeu o segundo suspeito de participar do homicídio contra um adolescente de 16 anos encontrado morto dentro de uma cisterna, em uma casa abandonada, na cidade de Paraíso do Tocantins.

O homem de 33 anos de idade foi preso na manhã deste domingo (27), em Lagoa da Confusão, em cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Um dos supostos envolvidos já havia sido preso em Araguatins, no dia 14 de dezembro, por agentes da 6ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (6ª Deic).

O segundo suspeito foi recolhido à Casa de Prisão Provisória (CPP de Paraíso do Tocantins), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

O CRIME

De acordo com o delegado-chefe da 6ª DEIC, Hismael Athos, as investigações apontaram que no dia do crime, por acerto de drogas, o jovem de 16 anos teria encomendado a morte de um homem, o qual chegou a levar golpes de facas, mas foi socorrido e não morreu.

Horas depois, na mesma residência, por represália, o cunhado do homem que sofreu a tentativa de homicídio, juntamente com o suspeito preso na manhã deste domingo, desferiram golpes de madeiras na cabeça do menor. Em seguida, os suspeitos jogaram o corpo do adolescente dentro de uma cisterna e queimaram a rede em que o menor estava deitado horas antes do crime.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Corpo do adolescente foi encontrado dentro de uma cisterna / Foto: Surgiu


error: Conteúdo Protegido