Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



A criança de 2 anos que teve intoxicação alimentar junto com a mãe após as duas comerem um salgadinho vencido das Lojas Americanas, em Araguaína, foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) pela terceira vez, nesta quarta-feira (23).

Os sintomas da intoxicação alimentar começaram ainda no domingo (20), cerca de uma hora após a ingestão do salgadinho. Segundo a mãe, Tatiane Soares Cardoso, a menina continua sentindo enjoo, dor de barriga e ainda está empolada.

Tatiane também disse que a loja não tem dado nenhuma assistência. “Nunca nem ligaram para saber se a gente está bem ou se estamos precisando de alguma coisa. Agora estamos indo direto para UPA porque minha filha continua passando mal. Minha filha é furada todas as vezes para ser medicada e, como mãe, isso me dói muito”, disse.

Após receber alta, a mãe saiu com a filha da UPA decidida a acampar na porta da loja, localizada em um shopping na Marginal Neblina, para exigir ajuda, pois não está tendo condições de comprar os remédios da filha.

“Vim exigir socorro deles [responsáveis pela loja], pois não estão dando nenhuma assistência para nós. Não tem pediatra na UPA e precisamos de uma consulta. Nada resolve, ela é atendida e liberada. Minha filha continua toda empolada e passando mal, e eu estou com quatro receitas e não tenho dinheiro, porque já gastei muito com táxi indo para o hospital. A fralda e o lenço estão acabando, eles precisam me ajudar. Por isso, estou batendo o pé, e só saio daqui depois de receber ajuda”, disse Tatiane Soares.

A mãe contou que chegou a desmaiar no shopping enquanto esperava por ajuda. Em seguida, um gerente das Lojas Americanas conversou com ela e informou que o jurídico da empresa teria autorizado a compra de fralda para a criança e medicações.

Entenda o caso

Tatiane contou que o caso teve início no domingo (20), quando ela ganhou ingressos para ir ao cinema com a filha no shopping localizado na Marginal Neblina.

Enquanto aguardava o início da sessão, Tatiane procurou algo para comer, mas a praça de alimentação estava fechada e encontrou aberta apenas as Lojas Americanas, então decidiu comprar dois pacotes de salgadinhos da marca Yoki.

As duas passaram mal após comerem. Tatiane percebeu que o produto estava vencido posteriormente e registrou um boletim de ocorrência.

A Vigilância Sanitária esteve na loja, autuou o estabelecimento e recolheu vários produtos vencidos que estavam nas prateleiras.

Veja mais

Mãe e filha vão parar na UPA após comerem salgadinho vencido das Lojas Americanas

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Criança foi atendida na UPA / Foto: Divulgação


error: Conteúdo Protegido