Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Um crime de homicídio ocorrido no mês de novembro de 2020, em Tocantinópolis, foi esclarecido pela Polícia Civil do Tocantins nesta segunda-feira (14), quando agentes prenderam dois irmãos, um de 30 e o outro de 28 anos.

Conforme o delegado Tiago Daniel de Morais, o crime ocorreu no dia 7 de novembro, no Setor Vilanópolis, e vitimou Antônio Balduíno Matos Neto, de 28 anos de idade.

De acordo com as investigações, os fatos aconteceram em frente a uma adega localizada naquele setor. Após a briga que envolveu a vítima, os investigados e outras pessoas, os dois irmãos saíram do local e retornaram minutos depois em um carro. Enquanto um dirigia o veículo, o outro desceu com uma espingarda e deu um tiro em Balduíno, retornando para o veículo e fugindo logo em seguida.

Ainda segundo a autoridade policial, alguns dias depois do crime, os irmãos se apresentaram e deram as suas versões dos fatos, alegando terem agido em legítima defesa. Porém, estas declarações não convenceram a Polícia Civil. Desse modo, a autoridade policial representou pela prisão preventiva dos investigados, pedido este que foi deferido pela justiça de Tocantinópolis.

De posse das ordens judiciais, os policiais civis saíram em diligências e efetuaram a prisão dos dois irmãos, sendo que um deles estava em uma fazenda na zona rural e o outro foi capturado em uma casa na cidade.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Crime ocorreu em Tocantinópolis / Foto: Dirceu Leno


error: Conteúdo Protegido