Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



A Polícia Federal tenta desarticular uma associação criminosa envolvida no extravio de encomendas dos Correios por meio de uma operação deflagrada na manhã desta quinta-feira (10).

Cerca de 20 policiais federais cumprem quatro mandados judiciais de prisão preventiva e quatro de busca e apreensão expedidos pela 4ª Vara Federal SJ/TO, todos para cumprimento em Brasília (DF).

A investigação, que contou com o apoio da área de segurança corporativa dos Correios, teve início após informações de que encomendas de todos os tipos estavam sendo subtraídas. Segundo apurado nas investigações, o extravio ocorria no trajeto Brasília a Palmas, havendo indícios de que motoristas de uma empresa terceirizada estavam envolvidos nos desvios das encomendas.

Verificou-se que o esquema criminoso identificado contava com a atuação coordenada de funcionários particulares de pessoa jurídica prestadora de serviços para os Correios e terceiros, todos associados com o fim específico de se apropriarem de bens de particulares que estavam em posse dos acusados em razão da função exercida.

Os motoristas das cargas, durante o percurso, permitiam o acesso dos executores aos compartimentos de cargas dos caminhões, abrindo fraudulentamente os lacres dos Correios de modo a não parecer que foram violados no caminho.

A PF disse que a prática da organização criminosa gera enorme prejuízo à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, uma vez que fica obrigada a indenizar os remetentes das encomendas.

Os investigados devem responder pelos crimes de peculato, furto e associação criminosa.

A operação foi denominada de ‘Extravios’.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Policiais federais / Foto: Jô Souza/Agência A Tarde/Estadão Conteúdo


error: Conteúdo Protegido