Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Uma paixão aguda possivelmente não correspondida gerou afastamento de serviço, tratamento psicológico e assassinato a sangue frio. Esse enredo com desfecho premeditadamente macabro chocou a população de Santa Rosa, região central do Tocantins.

Nesta terça-feira (01), às 13horas, durante o repouso de mais um dia de trabalho na Unidade Básica de Saúde da Família, o médico Ricardo Maciel Catuladeira Miranda foi assassinado a facadas.

O homem conhecido por Amilson – mecânico de motos – é apontado como autor do crime que foi executado de forma premeditada, conforme depoimento da diretora da unidade, Raiane Lanucy Soares: “Ele chegou perguntando se tinha médico e que queria marcar uma consulta porque a mãe dele estava doente. Ele entrou na unidade, foi até o repouso do médico, bateu na porta, esfaqueou ele e matou”, disse.

Uma vizinha do suposto autor, ficou pasmada com a notícia e gravou um áudio que viralizou nas redes sociais da região. Ela conta que a mulher do mecânico seu vizinho tinha sido afastada do Posto de Saúde onde trabalhava para fazer um tratamento, pois se encontrava completamente apaixonada pelo médico e estava a ponto de enlouquecer, possivelmente, por não ser correspondida.

AÚDIO DE VIZINHA DO AUTOR VIRALIZOU MINUTOS DEPOIS

A diretora da UBS Raiane disse que pacientes que aguardavam atendimento viram o momento em que o suspeito entrou calmamente e na sequência também observaram quando ele saiu em direção ao veículo que usou para fugir.

Dr. Ricardo faleceu no local com golpes no pescoço e na barriga. Depois dos levantamentos periciais, corpo foi encaminhado para exames necroscópicos no IML de Porto Nacional e deverá se trasladado para sepultamento no Rio de Janeiro.

Investigações

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, as investigações para elucidar a morte já foram iniciadas. A principal linha de investigação é que o crime tenha sido motivado por ciúmes. A mulher do suspeito havia sido colega de trabalho do médico e teria deixado a função na unidade há pouco tempo.

Policiais Militares de toda a região estão em diligencias contínuas no sentido de capturar o autor que permanece foragido.

 

 

***


error: Conteúdo Protegido