Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Um foragido da justiça foi identificado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) após se envolver em um acidente de trânsito em Alvorada, na região sul do estado. O homem estaria sedo acobertado há anos pelos parentes, mas a fraude acabou sendo descoberta pelos agentes. Condenado por homicídio, ele deve ser preso assim que deixar o hospital.

O acidente aconteceu no último dia 27 de novembro na BR-153. Durante o atendimento da ocorrência os agentes da PRF encontraram inconsistências na identificação da vítima, que portava apenas uma caderneta de vacinação.

No hospital, ex-esposa do homem apresentou documentação de outra pessoa como se fosse dele. A PRF começou investigar o caso por pensar que estariam tentado trocar o condutor do veículo envolvido no acidente.

A fraude foi descoberta nesta segunda-feira (1°) depois que os agentes falaram com o dono do veículo e voltaram a questionar a ex-mulher. Ela apresentou uma CNH que a PRF descobriu ser do irmão do fugitivo.

A PRF encontrou em contato com dono do documento. Ele informou que os parentes estavam realmente acobertando o irmão há anos. Com o verdadeiro nome do homem acidentado a polícia descobriu que ele foi condenado a 18 anos de prisão por um homicídio bárbaro cometido em 2012.

Ainda de acordo com a PRF, o fugitivo está internado no Hospital Regional de Gurupi e o caso foi repassado para a Polícia Civil.

Fonte Por: Redação Fonte: Alessandro Ferreira | Agência Tocantins
Crédito de imagem: Fraude foi descoberta pelos agentes da PRF ‘” Foto: PRF/Divulgação


error: Conteúdo Protegido