Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) emitiu nesta semana o Certificado Operacional de Aeroporto para a Prefeitura de Araguaína, norte do Tocantins, administradora do único aeródromo da cidade.

Com a certificação, o aeroporto poderá operar aeronaves compatíveis com o código de referência 2C ou inferior, possuindo também autorização especial para operações com ATR-72.

As primeiras inspeções no aeroporto para o processo de certificação iniciaram em dezembro de 2019, quando especialistas de segurança operacional da Anac visitaram o local.

A certificação faz parte de uma exigência da agência nacional para que o aeródromo possa ter novos voos regulares, além dos já existentes no município.

Outro certificado

Outro aeroporto que também recebeu o certificado nesta semana foi o de Londrina, no Paraná, que é administrado pela Infraero.

Agora, além de poder ampliar a oferta de voos comerciais, o aeroporto poderá também realizar voos regularmente com aeronaves mais exigentes àquelas atualmente em operação no aeroporto, desde que compatíveis com o código de referência 4C ou inferior. Atualmente, o aeroporto conta com a operação de 12 voos semanais de transporte regular de passageiros das três principais companhias aéreas do país (Gol, Latam e Azul).

Conforme a Anac, os certificados foram emitidos após os operadores dos aeródromos comprovarem o atendimento aos requisitos regulamentares de infraestrutura e segurança operacional exigidos pela Agência.

As portarias nº 3.206 e nº 3.214, que concedem os certificados operacionais, foram divulgadas no Diário Oficial da União (DOU) nos dias 12 e 13 deste mês.

As certificações operacionais ficam condicionadas à manutenção pelos operadores aeroportuários da infraestrutura avaliada, no âmbito dos processos, por meio dos quais as outorgas foram concedidas.

Certificações emitidas pela Agência

Com a emissão dos dois certificados concedidos em novembro, já são 15 o total de outorgas emitidas aos operadores aeroportuários em 2020 pela Anac. Em maio, os aeroportos de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, Eirunepé e São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas, receberam o certificado da agência.

O certificado referente ao aeroporto de Araguaína pode ser conferido clicando aqui.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Aeroporto de Araguaína ganha autorização para ter mais voos / Foto: Divulgação


error: Conteúdo Protegido