Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Uma mulher morreu nesta sexta-feira (13) depois de se jogar de uma torre de telefonia celular no setor Jardim Taquari, na região sul de Palmas. De acordo com informações apuradas pela Agência Tocantins, a mulher que não teve o nome divulgado teria subido em uma torre de telefonia e se jogado. O caso foi registrado por volta das 6h30 da manhã, nas proximidades de um posto de combustível no bairro.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU chegou a ser chamada, mas ao chegar ao local, apenas confirmou o óbito. Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local e ainda tentou convencer a jovem descer da torre. Porém, ela se jogou de uma altura de aproximadamente 30 metros.

A identidade da vítima ainda não foi divulgada, várias pessoas estavam no local e presenciaram o incidente. As causas que motivaram ela a subir na torre ainda são desconhecidas.

Os bombeiros ainda tentaram retirar a mulher da torre usando um caminhão-escada, um Bombeiro Militar ainda chegou a segurar em uma das mãos da vítima, mas ela se jogou.

Um vídeo gravado por um internauta e enviado à redação da Agência Tocantins, mostra os bombeiros tentando convencer a mulher a descer da torre. Nas imagens é possível ver que um homem do corpo de bombeiro, em uma escada ainda segura em um dos braços dela, ainda nas imagens é possível ver o momento em que ela se joga.  

Uma equipe da Polícia Militar esteve no local e isolou a área para os trabalhos da Polícia Técnica Científica. Após a realização dos serviços periciais, o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal – IML.

Prevenção do Suicídio

O suicídio pode ser definido como um ato deliberado, realizado pelo indivíduo de forma consciente, cuja intenção seja a própria morte, mesmo que ambivalente, usando um meio que ele acredita ser letal. É um comportamento com múltiplos determinantes e resultado de uma complexa interação de fatores psicológicos e biológicos, inclusive genéticos, culturais e socioambientais.

Dessa forma, deve ser considerado como o desfecho de uma série de fatores que se acumulam na história do indivíduo, não podendo ser tratado de forma causal e simplista, vinculado apenas a determinados acontecimentos pontuais da vida do sujeito. É a consequência final de um processo.

A cada 40 segundos uma pessoa morre vítima de suicídio no mundo. Dados da OMS (Organização Mundial de Saúde) mostram que o Brasil é o 8º país no mundo em números absolutos de suicídios consumados. No país, 17% das pessoas já pensaram em se matar em algum momento da vida. O Ceará, segundo o Anuário da Segurança Pública, é o 5º estado com maior número absoluto de suicídios. Entre jovens, as taxas de suicídio têm aumentado, no país e no mundo, se configurando como uma das principais causas de morte.

Fique Atento!

No Brasil, é possível receber assistência gratuita nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), que pertencem ao SUS (Sistema Único de Saúde) e acolhem pessoas com sofrimento e/ou transtornos mentais. Além disso, o Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo, voluntária e gratuitamente, todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email, chat e voip 24 horas todos os dias, através do telefone 188.

LIGUE 188

Você pode conversar com um voluntário do CVV ligando para 188 de todo o território nacional, 24 horas todos os dias de forma gratuita.

Aqui, como em qualquer outra forma de contato com o CVV, você é atendido por um voluntário, com respeito, anonimato, que guardará estrito sigilo sobre tudo que for dito e de forma gratuita.

Os voluntários do CVV são treinados para conversar com todas as pessoas que procuram ajuda e apoio emocional.

Fonte Por: Alessandro Ferreira Fonte: Redação | Agência Tocantins
Crédito de imagem: A mulher se jogou de uma altura de aproximadamente 30 metros – Foto: Divulgação


error: Conteúdo Protegido