Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Faleceu em Brasília na noite desta quinta-feira (12), a ex-primeira-dama do Estado, Dona Aureny Siqueira Campos, aos 96 anos. A morte foi confirmada pelo seu filho, o deputado estadual Eduardo Siqueira Campos (DEM) através das redes sociais.

"É com profundo pesar que comunico o falecimento da Dona Aureny S. Campos, minha mãe, vítima de uma insuficiência respiratória, as 21:59, na casa de uma das suas filhas. Sem mais palavras para o momento, agradeço toda solidariedade", publicou o político.

Aureny Siqueira Campos, ou Dona Aureny, como era carinhosamente chamada por todos, foi casada durante 40 anos com o ex-governador Siqueira Campos (DEM), com quem teve seis filhos.

Ainda durante o primeiro mandato (1988-1991), o ex-governador criou quatro bairros em sua homenagem: Jardim Aureny I, II, III e IV, na região sul de Palmas.

Dona Aureny foi uma primeira dama muito querida e desenvolveu vários programas sociais, como os Pioneiros Mirins. "Muito atuante, prestativa e de um coração generoso, que viu na ação social sua parcela de contribuição na criação do Tocantins, criando e acompanhando programas que beneficiaram tanto as famílias já residentes quanto as que chegavam, sempre com o mesmo sentimento de atenção e carinho. Sem dúvidas deixou seu legado, mostrando-se sempre uma mulher muito presente, e ativa na construção da Capital Palmas, e na consolidação do Estado do Tocantins", disse o filho Eduardo Siqueira Campos. 

NOTAS DE PESAR

"Com profundo pesar, recebi a notícia do falecimento de dona Aureny Siqueira Campos, ex-primeira-dama do Estado do Tocantins. A morte de dona Aureny aconteceu na noite dessa quinta-feira, 12, em sua residência em Brasília. 

Dona Aureny ficará marcada nas mentes e nos corações dos tocantinenses pelo cuidado, atenção e carinho com que sempre tratou a todos, principalmente aqueles que mais precisavam. Dona Aureny escreveu seu nome na história do Tocantins, ajudou a implantar o Estado e a construir Palmas, tanto que foi homenageada pelos próprios moradores e viu seu nome batizar quatro bairros da Capital.

O Tocantins perde uma de suas maiores referências. Exemplo máximo de amor, respeito e delicadeza. Dona Aureny estará eternamente no coração de todos nós. 

Nesse momento de comoção, rogo a Deus para que conforte os filhos, familiares e amigos. 

Mauro Carlesse | Governador do Estado do Tocantins"

__________________________

"O Tocantins, e Palmas, em particular, perderam hoje uma das personalidades mais emblemáticas da nossa história. A morte de D. Aureny Siqueira Campos, ocorrida em Brasília na noite desta quinta-feira , 12, por um momento, me deixou sem palavras para expressar o verdadeiro sentimento pela sua perda. Mas recuperada do impacto dessa triste notícia, me vem à mente a imagem de uma mulher forte, de grande coragem, mas ao mesmo tempo dotada de muita simplicidade e devoção à família e ao próximo. E foi a simplicidade e sua generosidade que conquistaram os tocantinenses, e, em especial, aos palmenses.

Seu nome está eternizado na história de Palmas, na justa homenagem aos bairros que levam seu nome, onde vivem pessoas com quem a D. Aureny sempre se identificou e a quem dedicou parte da sua vida pública. Seu nome é sempre lembrado pelos palmenses com muito carinho e grande respeito.

Minha solidariedade aos filhos, familiares e amigos, a quem dirijo minhas orações para que seus corações recebam o conforto pela perda de pessoa tão querida e que sua alma repouse em paz.

Cinthia Ribeiro | Prefeita"

___________________________

Recebi com pesar a notícia do falecimento da Sra. Aureny Siqueira Campos, acontecida na noite desta quinta-feira, 12, em Brasília-DF.

Ex-primeira dama do Tocantins e mãe do amigo Deputado Estadual Eduardo Siqueira Campos, participou da construção de nosso estado e hoje, deixa seu legado na história.

Meus sentimentos aos familiares e amigos.

Jorge Frederico | Deputado Estadual

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Dona Aureny foi casada com o ex-governador Siqueira Campos por 40 anos, com quem teve seis filhos / Foto: Divulgação


error: Conteúdo Protegido