Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Com objetivo de esclarecer os cidadãos sobre os cuidados adotados para prevenir o contágio pelo covid-19 nas Eleições 2020, o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins realizou, nesta quinta-feira (5), um simulado do fluxo de votação de acordo com todos os protocolos estabelecidos no Plano de Segurança Sanitária da Justiça Eleitoral.

A ação foi realizada no cartório eleitoral da 29ª ZE de Palmas e contou com a participação de servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral, como mesários e eleitores para simular o fluxo de votação previsto para 15 de novembro.

Os mesários estão utilizando os equipamentos de segurança adequados, iguais aos que serão utilizados no dia da votação. Para a Justiça Eleitoral, é um grande desafio realizar uma eleição durante a pandemia, mas nos preparamos para esse momento através de consultoria com os melhores institutos da área sanitária do Brasil e garantimos ao eleitor que estamos preparados, observando todos os protocolos de segurança”, ressaltou a chefe de cartório de Palmas, Ana Cecília Catapan.

Nestas eleições, a contribuição do eleitor também será fundamental para a garantia da segurança de toda a população. “Precisamos conscientizar o eleitor sobre a importância de cumprir o protocolo da melhor forma possível. Os mesários já foram treinados e tudo funcionará bem se a gente tiver a colaboração de quem vai votar. O eleitor tem de sair de casa com a sua máscara, de preferência levar sua caneta, se posicionar corretamente na fila, procurar votar e retornar para sua casa”, frisou a coordenadora médica do Tribunal, Mary Freire.

A votação será das 7 às 17 horas, sendo que os idosos terão horário preferencial das 7 às 10 horas. “Pedimos para que eles façam o uso desse horário especial e que não levem crianças como acompanhantes. A Justiça Eleitoral está tendo muito zelo, tanto com mesários quanto com os eleitores. Precisamos da consciência e colaboração de todos”, reforçou Mary Freire.

Fluxo da votação

O eleitor deverá entrar na seção eleitoral e se posicionar na frente da mesa receptora de votos, respeitando o distanciamento mínimo de um metro.

O eleitor deverá exibir o seu documento oficial com foto, erguendo o braço em direção ao mesário. Em casos excepcionais, neste momento o mesário poderá solicitar para o eleitor retirar a máscara por um instante para fazer o reconhecimento.

O mesário irá localizar o nome do eleitor no caderno de votação e ler em voz alta o número do título do eleitor para que o presidente digite esse dado no terminal do mesário. O presidente lerá em voz alta o nome do eleitor que aparece no terminal do mesário e o eleitor deverá confirmar que é ele.

O eleitor deverá guardar o seu documento de identificação e higienizar as mãos com álcool em gel.

O eleitor assina o caderno de votação (de preferência, com a sua própria caneta) e, nesta hora, solicita o comprovante de votação, caso queira.
Quando a urna for habilitada, o eleitor deverá se dirigir à cabine de votação, digitar os números dos seus candidatos e apertar a tecla “confirma” após cada voto.

Após votar, o eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel novamente e se retirar da seção eleitoral.

(Lilia Mara/TRE-TO)

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Simulação ocorreu em Palmas / Foto: Divulgação/TRE


error: Conteúdo Protegido