Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Por Rubens Gonçalves/Ascom Campanha

O candidato a prefeito de Porto Nacional, Otoniel Andrade (PTB), garantiu nesta quinta-feira, 5, que no início do próximo ano irá à Justiça contra a BRK Ambiental para garantir a redução do valor da taxa de água e esgoto. A declaração foi dada durante entrevista à TV Nacional (grupo Meio Norte).

O prefeiturável já tinha dito que, chegando à prefeitura, vai rever o valor, por meio da redução do percentual do esgoto – dos atuais 80% para 50% – cobrados sobre a conta de água. A afirmação havia acontecido no mês passado, em uma reunião com moradores do Jardim Brasília.

Necessidade

Mas segundo ele, a ação judicial é necessária, em função das dificuldades enfrentadas pelos portuenses para pagar pelos serviços. “Por meio da Procuradoria do Município, vamos entrar na Justiça contra a BRK. Podem ter certeza disso”, assegurou.

Em suas considerações finais – após responder às perguntas da comunidade e dos demais postulantes ao Paço –, Otoniel chamou de “assalto” os valores cobrados pela empresa de saneamento. “Vamos proteger a nossa comunidade, que está sendo assaltada. O dono da concessão é o município, e a BRK terá que provar que está gastando esse absurdo para tratar a água e o esgoto.”

Redes prontas

A indignação do candidato se deve ao fato de a concessionária ter recebido o sistema de captação e tratamento de esgoto prontas. “Tanto o sistema de captação quanto o de tratamento de esgoto foram construídos na minha gestão, junto com a Investco, não foi a BRK que construiu”, explicou.

Ao finalizar sua participação no programa televisivo, Otoniel garantiu também que vai questionar judicialmente a suspensão (corte) do serviço, por parte da concessionária.

Na prática, ele pretende demonstrar à Justiça que os casos de inadimplência se devem ao fato de grande parte da população não conseguir pagar os valores abusivos praticados pela empresa.

Foto: Joelma Cristina

***


error: Conteúdo Protegido