Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



O corpo do jovem de 19 anos encontrado na cidade de Esperantina, na região do Bico do Papagaio, foi identificado por papiloscopistas da 2ª Regional de Papiloscopia de Araguaína, no último sábado, dia 31 de outubro.

A informação foi divulgada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) na tarde desta terça-feira (3), no entanto, a pasta não divulgou o nome da vítima.

O corpo estava sem a cabeça, com os dois braços cortados na altura dos cotovelos e com cerca de 40 perfurações na região do tórax, aparentemente provocadas por golpes de arma branca.

A identificação aconteceu por meio do método papiloscópico padrão que apontou a identidade do cadáver. O jovem nasceu em 31 de março de 2001 no município de Ulianópolis, Estado do Pará.

De acordo com o papiloscopista João Carlos Nery, o prontuário de identificação civil foi expedido pelo Instituto de Identificação do Estado do Maranhão, que prontamente forneceu os dados pessoais e biométricos padrões para o confronto.

A identificação por meio das impressões digitais foi extremamente importante para a liberação do corpo do jovem, uma vez que é um método eficiente para a identificação humana.

Investigação

As investigações para apurar as circunstâncias do homicídio já foram iniciadas pela Polícia Civil Tocantins e estão a cargo da 7ª Delegacia de Polícia Civil de Esperantina. Testemunhas já começaram a ser ouvidas.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Identificação aconteceu por meio das impressões digitais / Foto: Divulgação/SSP


error: Conteúdo Protegido